Posted in Portuguese

Some corrections

A few short, corrected texts with annotations from the lovely people at r/writestreakpt

A Trabalhar Durante a Noite

Durante o isolamento que acompanhou a primeira vaga da pandemia, acostumei-me a deitar-me cedo e a acordar cedo, mas, de vez em quando, ando atarefado e passo uns dias a trabalhar muito tarde, ou até fico acordado a noite toda por causa dos prazos que fazem parte do meu profissão. Felizmente esta semana não está assim tão cansativa mas já houve um dia em que trabalhei até 1 de manhã.
Acho que vou tirar umas horas para descansar hoje, uma vez que a tempestade já passou.

O Meu Cabelo

Preciso de ir ao cabeleireiro mais uma vez. Que chatice. Já cortei há pouco tempo mas o homem deixou-o demasiado longo no topo, e é quase impossível penteá-lo para mostrar a minha verdadeira beleza.

Odeio cortar o cabelo. Tenho de tirar os óculos. Depois, não posso ver nada. É quando os puser na cara de volta, que raio de penteado vou ter? Ainda por cima há (1) um risco de apanhar covid porque o cabeleireiro não usa máscara e ainda pior (2) um risco de ser obrigado a fingir interesse no resultado dum jogo de futebol qualquer.

Penso em rapar a cabeca toda a mim próprio mas tenho cinquenta e tal anos e se ficasse careca toda a gente pensaria* que era só por vaidade, para disfarçar a calvície masculina. Mas tanto faz, às vezes, acho que quanto mais depressa perder o cabelo todo, melhor.

*= I keep treating this as plural because “people” is plural in English

A Escolher Um Novo Livro

Uma das melhores sensações nesta vida miserável é quando acabamos um livro, pousamo-lo na mesa de cabeceira e perguntano-nos “Hum, qual destes livrinhos deliciosos da minha estante mais me apetece como a próxima leitura?”

Ontem, o meu leque de opções incluía uma coleção de textos de Miguel Esteves Cardoso, uns clássicos, um bocadinho de poesia, alguns tipos de não ficção sobre racismo, história e trabalho, entre outros, mas decidi escolher um mimo: um thriller de quinhentos páginas chamado Segredo Mortal de Bruno M Franco.

Author:

Just a data nerd

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s