Posted in Portuguese

Apresentação de Billy Pilgrim

Today’s exercise was to write about a literary character so I chose Billy Pilgrim from Slaughterhouse 5 which is one of my favourite books. I seem to have got a bit distracted and ended up talking about the book itself and it’s various controversies though. Why am I like this? Thanks to ThisCatIsConfused for taking time to correct such a long, rambling text. Only 3 mistakes apparently. Woo-hoo!

Billy Pilgrim é o protagonista dum livro chamado Matadouro Cinco de Kurt Vonnegut. O livro é um dos meus favoritos apesar de ter alguns hum… defeitos…
Após o primeiro capítulo, que serve como introdução, a história própriamente dita* comece com a seguinte frase:

Olha: Billy Pilgrim ficou descolado no tempo**

A vida de Billy não se desenrola linearmente assim como as nossas. A sequência fica interrompida por cortes na linha de tempo. Num momento está sentado numa cadeira em casa; no próximo, encontra-se no planeta Tralfamadore e, logo depois em Dresden em 1945 ao ver a devastação na qual 25,000 seres humanos perderam a vida.

O livro é uma mistura incrível de ficção científica e filosofia e factos verídicos. É engraçado mas é importante tambem. Sobretudo, é muito polémico. Havia muitas tentativas de proibi-lo de várias  bibliotecas americanas por causa da “obscenidade” dos conteúdos.
Mas há um problema mesmo muito pior. Já mencionei a figura de 25,000 mortos. É muito, não é? Mas o autor citou um número ainda mais alto: 135,000. Donde vem tal número? Vem dum livro de David Irving que é bem conhecido por minimizar o holocausto. É isso, o maior defeito do livro: O Vonnegut repetiu este número (e outros “factos” dados por Irving) sem intenção prejudicial, mas é irónico que um livro contra a guerra tornou-se um conduto poderoso de propaganda nazista. Há muitas pessoas que acreditam por resultado.

*=this is one of those expressions that I recognise when I see it but I never think to use in my own speech and writing. I’m trying to say “the story itself” (as opposed to the introduction) so I used própria but this is better. Propriamente dito/a.

**=isto a tradição minha da frase “Listen: Billy Pilgrim has come unstuck in time”. Acabo de ver a tradução profissional da Rosa Amorim que diz “Escutem: Billy Pilgrim tornou-se volúvel no tempo”.
Escutem é mais literal do que olha, claro. Mas acho que volúvel é menos literal… Pois. Estou a encolher os ombros… Espero que seja mais-ou-menos compreensível apesar disso…?

Author:

Just a data nerd

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s