Posted in Portuguese

Opération Portugal

Ontem, eu e a minha filha passámos o dia sentados no sofá constipados* com os narizes entupidos, a tossir e a ver televisão. Entre várias outras coisas, vimos um filme chamado Opération Portugal. É um filme francês no qual um polícia árabe (o nome do ator é D’Jal) finge ser português para se infiltrar numa família portuguesa que (segundo a Interpol) está envolvida na importação de drogas para França.

Il n’est pas un “petit flan”

Em primeiro lugar o que mais me marcou foi o número de piadas baseadas em xixi. O bófia mija numa roda dum camião logo no início do filme e depois mija mais quatro vezes em várias lugares durante a primeira meia hora. Os franceses gostam assim tanto de rir de urina?

Antes de entrar na missão, o polícia tem de aprender as bases da língua e da cultura portuguesa para passar por português. Aprende a dizer “obrigado” e “bacalhau” e como dizer o nome do país com o sotaque certo. Afinal, é um católogo de estereótipos nacionais. Coitado do francês: na primeira semana, é forçado a assistir a um jogo de futebol entre a seleção portuguesa e a francesa e tem de esconder as lágrimas e a fingir entusiasmo quando os portugueses ganham.

*=I will never get used to this meaning having a blocked nose instead of a blocked bum.