Posted in Portuguese

Sobrevivi

Fui ontem ao segundo dos dois eventos dos quais falei há uns dias. Foi a festa de aniversário duma amiga da minha esposa. A aniversariante arrendou um clube de barcos à vela e contratou uma banda que tocou músicas principalmente dos anos oitenta (mas com umas mais recentes pelo meio)

Antes da festa, senti-me como se fosse um condenado mas claro que uma perspetiva negativa não ajuda ninguém, portanto fiz um esforço para pensar de modo mais positivo e, para resumir uma longa história, curti a festa. Dancei como um cromo com todos os contabilistas, comi várias coisas desconhecidas. Foi uma noite divertida.

Posted in Portuguese

Finalmente o Verão

Finalmente o Verão, escrito por Mariko Tamaki e ilustrado por Jillian Tamaki

(Hum, alguém que lesse este título logo depois do de ontem podia ficar com a impressão de que as estações se sucedem repentinamente aqui em Inglaterra, mas não, como vão ver, o texto de hoje é uma opinião sobre um livro)

Finalmente o Verão” é uma banda desenhada canadiana, escrita por Mariko Tamaki e ilustrada por Jillian Tamaki. Comprei. Existe uma tradução portuguesa e comprei-a na loja da Imprensa Nacional Casa da Moeda.

O livro conta a história de duas meninas que passam sempre as férias do verão numa aldeia perto da praia. Este ano, Rose, a mais velha, chega com a família e vai ter com a mais nova, Windy à casa dela. Exploram os arredores da aldeia, nadam no mar e conversam.

Mas este ano, está tudo subtilmente diferente porque as raparigas estão a aproximar-se da adolescência. Querem alugar e ver filmes de terror (que lhes dão muuuuiiito medo!) e falam com ansiedade de como os seus corpos se vão desenvolver (“Ha ha – peeeeeiiitos! Mamocas! Mamonas! Olha para estes melões tão sexy”). Mas além do humor, há um lado mais sombria: há um grupo de jovens mais crescidos (de 17-20 mais ou menos) que moram lá. Quase não reparam nas meninas mas as meninas veem e ouvem as suas conversas. Uma rapariga ficou grávida mas o (provável) pai do bebé não quer saber. Ainda por cima, a mãe de Rose está muito triste, até deprimida, por razões que nem Rose bem o pai compreendem completamente.

É uma história agridoce de que gostei bastante.

(Foyles sometimes has portuguese copies of popular graphic novel but they seem only to have the english version which is here if you’re curious)

Featured
Posted in English

Updates – Portuguese Graphic Novels and Audiobooks

The Walking Dead Part 6 Esta Triste Vida - Kirkman

I’ve just updated the Graphic Novel and Audiobook Lists with new discoveries in the last few months.

There are only a couple of new additions in the Audiobook page, mainly some new José Milhazes books on Kobo. I’ve read quite a lot of new Bandas Desenhadas though, so the graphic novels page has got about 50% longer, including “Finalmente o Verao”, which I finished today and will probably be reviewing tomorrow, plus a few others I read and reviewed earlier in the year, like Pardalita, Amor de Perdição and Quarentugas.

Remember, the list is sorted in order of how much I like them so you can ave time by starting at the top and stopping when you have reached your threshold if things that don’t seem worth bothering with.

If you’re new to the site, I have five lists: aside from these two, there are some lists with online learning resources, textbooks and language hacks, all of which get updated from time to time. You can access from the menu on the right there (or the bottom if you’re looking at this on a smartphone) but I’ll pin this post for a while to make them easier to find.

Posted in Portuguese

Vem Aí o Inverno

A series of three linked texts, with thanks to Dani Morgenstern for the corrections.

Vem aí o Inverno

Song of Gifts and Turkey

Mal consigo a acreditar que a época natalícia está a aproximar-se. É mesmo verdade: chega cada ano mais cedo.

Compras Natalícias

Eu e a macaquinha fomos ontem ao centro de Londres comprar presentes para os nossos familiares e amigos. Tornou-se uma tradição começarmos a fazer as compras em Novembro, juntos. A minha esposa não gosta do Natal tanto quanto isso, mas nós os dois temos entusiasmo suficiente pela família inteira.

Colleen Aspirador

Quando estávamos a fazer as compras natalícias no sábado, a minha filha queria comprar um livro de Colleen Hoover porque uma amiga dela gosta dessa autora, mas a Olivia odeia-a (diz “Hoover Sucks” que é muito engraçado em inglês mas não faz sentido nenhum em português). Seria uma vergonha ser vista com um livro tão cliché!

De qualquer modo, tivemos uma longa conversa e, para resumir, concordei que eu faria a compra enquanto ela ficava à espera à porta da livraria. Ri-me.

Acho que a funcionária viu o livro a passar de mão em* mão porque ela sorriu e olhou para mim pelo canto do olho e perguntou “Então… É** um grande fã de Colleen Hoover?

Agora estou muito curioso.

*One of those surprising preposition uses in portuguese. “From hand to hand” becomes “from hand in hand”

**I used “és” here but the correction swapped to the more polite form with a note “a não ser que tenha andado com a senhora na costura, nesse caso podem tratar-se por tu”. I hadn’t heard “andar na costura” before and I can’t find it online but (EDIT – When I first posted this, the explanation here was completely wrong: this is the explanation straight from the horse’s mouth) it’s just like “andar na escola” – to go to school with someone. If someone is addressing someone in an overly familiar way, less informal speakers might draw their attention to it by asking if they went to school together, or were in the army together, or (in this case) were members of the same sewing circle.

Posted in Portuguese

Compostagem

Deixai de ter invejo dos meus sapatos elegantes. Esta imagem ilustra o método de criar composto

Todos os anos, coloco as minhas borras de café, ervas daninhas, e folhas mortas numa pilha para as minhocas comerem para que, na primavera seguinte, eu tenha montes de composto. Mas ouvi falar duma outra maneira mais científica. Dizem que, se puser pequenos pedaços de madeira na pilha de compostagem, a mistura aquecer-se-á, por causa das bactérias lá dentro e isso resultará em composto de qualidade superior. Vou experimentar.

If you’re in the mood to learn more about gardening, here’s a relatively slow, relatively clear video about it in european portuguese

Posted in Portuguese

Introvertido

Two texts about how binary maths is more fun than parties. Thanks as always to Dani for the corrections

Introvertido.

Fui convidado para* duas festas esta semana mas não gosto de pessoas assim tanto. A primeira é uma festa para celebrar o fim do meu projeto e a segunda é a festa de anos (50!) de uma amiga da minha mulher. Nossa senhora dos introvertidos, ajudai-me!

Introvertido
Eu a ver outros a socializar

Matemática Binária

Matei aulas** – ou seja, matei festas – e fiquei em casa com a minha filha em vez de beber cervejas com as minhas colegas. Ela precisou da minha sabedoria. Tem um exame de informática daqui a uns dias mas não entende o sistema de numeração binária com “vírgula flutuante”.
Não estava a brincar ontem quando disse que odeio passar tempo com outras pessoas: antes ensino matemática binária a uma adolescente rabugenta!

*Apparently, with convidar, the rule is that if you’re invited to a thing its para, but if you are invited to do do a thing its a. So “Convidado para uma festa” but “convidado a comparecer”

**Meaning “bunked off”. I definitely learned this expression from a portuguese woman who couldn’t stand brasileirsmos (and wasn’t particularly nice about Brasileiros, come to that) but apparently it is a Brazilian expression. I should have said “baldei-me”

Posted in Portuguese

Dulce Pontes

I’m still at a very low ebb when it comes to energy for study but I’ve started writing daily again now. I’m five days in and here’s the write-up of the Dulce Pontes concert a few days ago.

Ora bem, vamos a isto: mais uma tentativa de ressuscitar o meu streak morto.

Eu e a minha esposa fomos assistir a um concerto de Dulce Pontes numa sala de concertos chamado Cadogan Hall. Quando comprei os bilhetes, o concerto estava agendado para Novembro de 2021 mas foi adiado por causa da pandemia (foi logo no final da época do distanciamento social.)

Dulce Pontes at the Cadogan Hall
Dulce Pontes at the Cadogan Hall

O espectáculo foi incrível. Ela cantou fado e canções folclóricas; bailou e tocou piano. A maioria das pessoas no público eram portugueses que já conheciam as músicas e gritavam “Brava! Ah fadista!” Havia um homem à minha frente que era um super-fã. Cada vez que ela terminava uma canção ele punha-se de pé e batia palmas. Uma vez, fez isso durante uma música lenta. Eh pá, tinha entusiasmo a mais, mas não faz mal. Fico contente por ele ter curtido!

Posted in English

Termo-nator 2 (and 4!)

I’ve mentioned Termo on here before. I like word games and doing a portuguese version just seemed like too good an opportunity to pass up. But I didn’t realise that there were other versions of it on the same site: you can play Dueto and Quarteto.

This is really exciting. My breakfast brain teaser just got ten times harder!

Posted in English

I Didn’t Bloody Go!

Ages ago, I booked tickets to a show in London by Guilherme Duarte, and I was really excited because, y’know, how often do portuguese comedians play in London?

Anyway, as the day approached I realised that it fell right on the weekend my project was going live. My day job is helping local authorities to migrate their data to a new database platform, and there’s usually a period of 3 or 4 days around a weekend when all their systems get turned off and I, and a few other people, work frantically to move everything over in the time available. Being away from my laptop in the evening for 4 or 5 hours just wasn’t going to work, so I didn’t go.

The users are testing my work as I speak, but if anyone has a time machine could you lend it to me please, so I can go back to last night and go and see the show? Ah well, let’s hope he comes back, eh? In the meantime, we’ve got tickets to see Dulce Pontes on Wednesday. I’m more of a comedy fan than a music fan, but Dulce Pontes is amazing and I’m really excited for that.

Posted in English

Youglish

Youglish Video Site
Youglish

I heard about a site today that seems useful. Maybe it’s old news and I’m the last to hear about it, but it’s called Youglish and its purpose is to make it easy to find subtitled videos in your chosen language with specific words in the transcript, and – here’s the best part – it even let’s you specify European or Brazilian portuguese! Unlike YouTube it doesn’t give you a post to choose from. If you pick a word like “Guerra” for example, it takes you to a video play list with 198(!) videos in it and the first one is queued up right before the person says the word. So you can hear that and, if you want, croll back and forth. Then you click forward to the next video and maybe it’s a song that contains the word, or whatever, and you can skip ahead, hearing the word in different contexts.