Posted in Portuguese

Vem Aí o Inverno

A series of three linked texts, with thanks to Dani Morgenstern for the corrections.

Vem aí o Inverno

Song of Gifts and Turkey

Mal consigo a acreditar que a época natalícia está a aproximar-se. É mesmo verdade: chega cada ano mais cedo.

Compras Natalícias

Eu e a macaquinha fomos ontem ao centro de Londres comprar presentes para os nossos familiares e amigos. Tornou-se uma tradição começarmos a fazer as compras em Novembro, juntos. A minha esposa não gosta do Natal tanto quanto isso, mas nós os dois temos entusiasmo suficiente pela família inteira.

Colleen Aspirador

Quando estávamos a fazer as compras natalícias no sábado, a minha filha queria comprar um livro de Colleen Hoover porque uma amiga dela gosta dessa autora, mas a Olivia odeia-a (diz “Hoover Sucks” que é muito engraçado em inglês mas não faz sentido nenhum em português). Seria uma vergonha ser vista com um livro tão cliché!

De qualquer modo, tivemos uma longa conversa e, para resumir, concordei que eu faria a compra enquanto ela ficava à espera à porta da livraria. Ri-me.

Acho que a funcionária viu o livro a passar de mão em* mão porque ela sorriu e olhou para mim pelo canto do olho e perguntou “Então… É** um grande fã de Colleen Hoover?

Agora estou muito curioso.

*One of those surprising preposition uses in portuguese. “From hand to hand” becomes “from hand in hand”

**I used “és” here but the correction swapped to the more polite form with a note “a não ser que tenha andado com a senhora na costura, nesse caso podem tratar-se por tu”. I hadn’t heard “andar na costura” before and I can’t find it online but (EDIT – When I first posted this, the explanation here was completely wrong: this is the explanation straight from the horse’s mouth) it’s just like “andar na escola” – to go to school with someone. If someone is addressing someone in an overly familiar way, less informal speakers might draw their attention to it by asking if they went to school together, or were in the army together, or (in this case) were members of the same sewing circle.

Posted in Portuguese

As Minhas Aventuras na República Portuguesa – Parte 8

As Minhas Aventuras na República Portuguesa

Passámos o dia a fazer compras: um presente para a melhor amiga da minha filha, um para a minha esposa, vários livros, uma pulseira, um casaco. Visitámos a livraria Lello (pela terceira vez!) mas não faço ideia porquê. Imagino sempre que desta vez vou ser a única pessoa na loja, com tempo para perscrutar as prateleiras em silêncio mas… Nem por isso. Sinto-me como um prisioneiro de guerra. A macaquinha falou sem filtros sobre os “influenciadorzinhos” à nossa volta. Não ficámos muito tempo. Jantámos cedo e estamos prestes a dormir dado que temos o nosso voo bem cedo. amanhã.

Lello: Expectation vs Reality
Posted in Portuguese

As Livrarias

Text about the bookshops I visited on my recent road trip to Cambridge. Notes at the bottom. Thanks “Butt Roidholds” for the corrections.

Visitei duas livrarias de segunda mão em Cambridge. A da direita é mesmo bem arrumada e cheia de artigos meticulosamente organizados* e de alta qualidade mas a da esquerda (mesmo ao pé da outra) é gloriosamente desconjuntada com tudo arranjado de modo aleatório, com duas filas por prateleira, com uma vasta secção de livros infantis, e itens raros intercalados com outros mais quotidianos. Acho que se pode escrever uma dissertação sobre a relação entre a disposição duma livraria e a personalidade do seu dono.

*=i originally used “itens cuidadosamente curados” to mean “carefully curated items” but “item” has a limited meaning – just referring to items on a list, agenda or inventory and “curado” can’t be used in that way.