Posted in Portuguese

Z – Manuel Alves

Um conto de ficção científica que demonstra uma axioma do livro “Superintelligence” de Nick Bostrom: logo que alguém crie uma entidade de  inteligência superior à de seres humanos, é o fim de jogo para a humanidade.
Neste história, um rapaz de alta inteligência está preso num laboratório controlado por cientistas. O método de medir está inteligência não me persuadiu: “Quantos sonhos cabem na palma da mão?” pá, essa pergunta não faz sentido nenhum. A resposta mais inteligente seria “O quê? Deixa de dizer disparates!”
Mas apesar disso, gostei do conto e comprei mais dois pelo mesmo autor.

Posted in English

How I Learned to Stop Worrying And Love Kindle

I’ve already mentioned that I’ve finally got over my distrust of Duolingo during the lockdown, but I’ve also found myself feeling well disposed to the kindle app on my phone. Specifically, because of the built-in dictionary. This is incredibly handy…

Proper books are still better though. So there.