Posted in English

Sheila Take a Baú

Social media really is a treasure trove of stuff you can learn, and it doesn’t feel like a chore because you’re just looking at memes. Here’s one i found today.

I know “golpe” is like a blow – in the sense of a blow to the head or a blow from an axe: the impact of something. It’s used in “golpe de estado” (coup d’état) for example. And baú is a chest – as in “treasure chest”. So when you put them together, what do you get? A golpe de baú is the act of marrying an older guy in the hope of inheriting all his wealth.

So, basically, I’m the words of Kanye West, they ain’t sayin’ she a gold digger, but she ain’t messin’ with no broke tuga.

I don’t actually know who the woman is or what the account that’s posting this is like, so I’m not sure whether she’s in on the joke or whether it’s meant in a cruel way or whether she’s done anything to deserve it or whether they are just being arseholes, but I am so pleased to have learned a new thing that I don’t really care.

Golpe de baú

You can read more about the history of the phrase Golpe de Baú on Wikipedia if you’re interested

Posted in English, Portuguese

Instagram Language Challenge #IGLC

70272748_552544275556410_6700414021527998700_nTaking a break from the lizards today to compile Instagram posts I made as part of Lindsay Does Languages‘ Instagram Language Challenge in October, which I did to stretch myself. I tried to use some basic scientific vocabulary and write some more complicated sentences. It was quite good fun thinking of new stuff to write about, and I ended up doing refraction, buddhism, make-up and dinosaurs as well as some totally made-up bollocks that I just wrote for a laugh. Some have been corrected, others not. It’s a bit tough for people doing the corrections, I think. When I talk about how, before the horse was invented, all the idiomatic expressions involving horses had originally referred to dolphins, guinea pigs and other animals, I think serious-minded teachers must wonder whether I’m joking or just severely misunderstanding the meanings of the words and phrases I’m using.

I’ve also added all the new vocbulary into a Memrise deck so I won’t forget it all immediately

Day 1: Red

Day 2: Blue (The well it mentions, by the way, was repened after its refurbishment by John Bercow. Now if only I knew how to say OORRRRDDAAAAHHH in portuguese)

Bonus Blue

Day 3: Yellow

Day 4: Green

Day 5: Orange

Day 6: Purple

Day 7: Pink

Day 8: Gold

Day 9: Silver

Day 10: Bronze

Day 11: Black

Day 12: White

Day 13: Brown

Day 14: Grey

Day 15: Cat

Bonus Cat

Day 16: Dog

Day 17: Fish

Day 18: Rabbit

Day 19: Cow

Day 20: Horse

Day 21: Sheep

Day 22: Pig

Day 23 + 24: Snake/Mouse Crossover edition!

Day 25: Monkey

View this post on Instagram

O tema do dia 25 do #IGLC é #monkey / #macaco Vimos este livro na montra da livraria @alligatorsmouth . Acho que é baseado na história do macaco de pedra (também conhecida como "Peregrinação para o Oeste"). É uma lenda chinesa que gerou muitas adaptações. Quando estávamos na escola primária, eu e os meus amigos ficámos obcecados com a série japonesa lançada nos anos setenta. No primeiro episódio, o macaco (protagonizado por Masaaki Sakai) fez uma aposta com o Buda. O Macaco gabou de ser o melhor saltador no mundo mas Buda apostou que, se se sentasse na mão do Buda não conseguiria escapar do mão num único salto. Claro, o macaco pensou que isso seria uma obra fácil, portanto subiu até ao mão, e deu o salto mais alto de sempre. Voou até ao fim do universo, onde se deparou com cinco grande pilares. O macaco escreveu o seu nome lá, num pilar, pois queria vangloriar-se, e depois saltou de volta para o lugar onde deixou o Buda. O Buda ergeu a mão e mostrou o macaco os seus dedos. O nome do macaco era escrito lá, no dedo médio. Quando li esta história, fiquei interessado porque não sabia nada sobre o budismo, mas quando vi a série, gostei ainda mais porque, na série, depois de escrever o nome, o macaco fez xixi ao pé do pilar – ou seja, ao pé do indicador do Buda. Que fixe. Ao mesmo tempo, havia uma outra série chamado "The Water Margin" mas nunca ficou tão famoso quando o Macaco.

A post shared by Colin (@18ck) on

Day 26: Elephant

Day 27: Lion

Bonus Lion

Day 28: Bird

Posted in Portuguese

Loving This From Instagram

Posted in English

New Shirt

Posted in English, Portuguese

Dawn of the Dedo

Posted in English, Portuguese

Legendas

Posted in Portuguese

A Estante Nova*

O nosso apartamento tem muitas estantes. Por quê? Porque temos muitos livros*. Infelizmente, moramos num apartamento pequeno com pouco espaço. Portanto temos que fazer bom uso de cada centímetro quadrado.

Há uma estante na entrada – Ou seja há um armário porque tem portas de vidro. De qualquer modo, esta peça do móvel é velha está partida. As duas prateleiras ambas têm caído sobre os livros que estão em baixo, e a traseira está a separar-se do corpo da estante.

Queremos substitui-la mas é difícil porque encaixa-se entre duas portas, ao lado dum interruptor e por baixo duma contador*** de aquecimento. O substituto precisa de encaixar-se no mesmo espaço, com o mínimo de espaço desperdiçado, mas sem obstruir as portas o as outras coisas. Procurámos um novo no Ikea, e em muitas outras lojas mas não tivemos sorte.

Finalmente, encontrámos uma loja no Etsy.com. O dono cria estantes, mesas e outros móveis de madeira reciclada. Cada um é feito à mão****, e personalizado pelo cliente. Gostamos desta ideia porque isso salva árvores e ajuda o ambiente. Mandei ao homem um desenho da estante dos nossos sonhos. Irá chegar amanhã. Estamos muito entusiasmados

* I originally wrote “O Novo Estante” because I am a big idiot. My response when I was corrected on this was: Acho que fiquei confuso porque “o/a estante novo/a” parece “o estado novo”. Se o Salazar limitasse-se a fazer mobilaria, nunca teria acontecido a revolução dos cravos, acho eu.

** Somos fãs de Marie Kondo mas neste assunto, não concordamos:livros são bonitos e um apartamento precisa dum monte deles. Estás errado, Marie Kondo! Pára! Larga a tesoura!

*** This one’s a bit iffy. Contador seems to be used for all sorts of counting devices including scales, electric meters. I’m trying to say “Thermostat”. Possibly “caixa do termostato” although, again, if you put that into google what you get is a lot of what looks liek specialised technical equipment

**** I originally wrote “Feito de mau” (“Made of bad”) Did I mention I was an idiot? How long have I been doing this and I can’t even get simple stuff like that right…?

View this post on Instagram

Old and Busted / New Hotness

A post shared by Colin (@18ck) on

Muito Obrigado a Joaquim, Amanda, Sofia e Luísa pela ajuda com as correcções.