Posted in Portuguese

Adolescentes e Doenças Mentais

More Than a Woman

Today’s text is a bit grim I’m afraid. Sorry. Obviously feeling a bit fragile when I wrote it yesterday, so be warned! The book I’m describing is “More Than a Woman” by Caitlin Moran, if you’re interested. It’s very mixed, the full laughter-and-tears experience.

O livro que estou a ler é muito bom. Se tivesse de escolher uma só palavra para o descrever, a palavra seria “engraçado” porque faz me rir em voz alta muitas vezes mas há partes muito sérias, principalmente sobre a doença mental da filha da autora. O pesadelo começou com um distúrbio alimentar mas piorou até a coitadinha ficar* muito doente e ter de ir para o hospital várias vezes depois das suas tentativas de se suicidar.

Acabou por recuperar, graças a Deus, e conseguiu salvar-se depois de anos de sofrimento.

O que mais me marcou foi uma referência ao filme favorito dela: High School Musical. Durante um período mais difícil nonpercurso da sua doença a mãe dela sugere que elas se aconcheguem no sofá para verem o filme, que é também o favorito da minha filha. Senti um nó na garganta porque me lembrou que isto é algo que pode calhar a qualquer um de nós e as raparigas são ainda mais vulneráveis.

*= até + infinitive caught me off guard here! I wrote até… ficou… teve

Posted in Portuguese

Os Adolescentes

Today’s text is about teenagers and their sleep patterns. Dani Morgenstern helped me with the corrections and there are a few footnotes at the bottom.

Alguém me disse* que os adolescentes precisam de dormir até ao meio-dia porque os cérebros deles estão a desenvolver-se ou algo do género. Sou cético quanto a tais afirmações. Na minha opinião, todas as pessoas** são únicas e os seus hábitos e comportamentos surgem por motivos mais complexos. Por exemplo, quando era jovem, queria ficar acordado depois da hora da hora de dormir dos meus pais para estabelecer a minha própria independência, tipo vida noturna. E identifico algo de semelhante*** na minha filha que tem dezasseis anos. A tendência pode ser ainda mais forte hoje em dia porque temos de ficar em casa a maior parte do tempo, portanto ela tem menos liberdade. Ainda por cima, existem tantos aparelhos e dispositivos. Tenho toda a certeza de que se existissem o Netflix e as redes sociais quando eu era adolescente, eu nunca teria dormido antes das seis**** da manhã!

Estou aqui na sala de estar, a pensar nisto enquanto a minha filha dorme.

* Alguém is attractive so the pronoun goes before the verb.

** i wrote “pessoas em geral” as a literal translation of “people in general” but that’s not very idiomatic.

*** algo de semelhante – it needs the de, you can’t just say “something similar”, it has to be “something of similar”

**** quick reminder that although I usually write all numbers out in full for practice – like the Dezasseis in this passage, the correct form is to write any number higher than 12 as a number, so if you’re doing anything where it matters, such as an exam, make sure you remember that.